NOTÍCIAS
NOTÍCIA
EDUCAÇÃO
Publicado em 05 JUN 2014
ESCOLA E FAMÍLIA: DE MÃOS DADAS PELA EDUCAÇÃO - Projeto estimula sustentabilidade, conscientização e alimentação saudável

Com o objetivo de promover a sustentabilidade e a conscientização da comunidade escolar e proporcionar uma alimentação ainda mais saudável aos alunos, a Secretaria de Educação e Cultura, em parceria com as Escolas Comunitárias de Educação Infantil (ECEIs) e suas Associações de Pais e Amigos (APACs), vem intensificando o projeto Escola Infantil Sustentável. Inserido no projeto municipal Escola e Família: de mãos dadas pela Educação, o trabalho é realizado com as 730 crianças matriculadas nas oito ECEIs do município. Entre as principais ações do projeto, destaque para as hortas escolares cultivadas para o consumo próprio de hortaliças; cardápio alimentar elaborado por nutricionista, com a redução de frituras e doces na refeição das crianças e o incentivo à criação de composteiras para separar e tratar os resíduos da cozinha e transformar o lixo orgânico em composto para uso na horta. Além destes, a formação constante das preparadoras de alimentos, com diminuição de sal nas refeições e aproveitamento integral de alimentos e o diálogo direto com os pais sobre alimentação e saúde das crianças, realizado por meio de palestras itinerantes com a nutricionista Joice Johann, completam a lista de ações em busca do objetivo do projeto. Essa semana, 18 responsáveis pelo preparo dos alimentos das ECEIs e Escolas Municipais de Ensino Fundamental participaram de um curso de capacitação sobre aproveitamento integral de alimentos. Sob coordenação da profissional do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Anides Krindges, aprenderam técnicas de utilização de talos, cascas e folhas para a produção de sucos, bolos, cucas, geleias, biscoitos e pães. Em visita recente à ECEI Atalaia, bairro Navegantes, o Prefeito Sidnei Eckert acompanhou as crianças à horta escolar e à composteira abastecida no período de outubro a dezembro de 2013. Aberta em abril passado, a composteira alimentada com o descarte de cascas, restos de frutas, legumes e cascas de ovos, intercalados com terra, produziu 180 quilos de composto orgânico. O material será utilizado na horta da escola. Além do descarte correto, a ação visou incentivar o processo de separação do lixo e transformação do mesmo em composto orgânico. SAIBA MAIS SOBRE AS AÇÕES DO PROJETO ESCOLA SUSTENTÁVEL: **Horta escolar: Hortaliças são plantadas numa horta localizada nos fundos da escola, para uso no preparo da alimentação das próprias crianças; **Cardápio alimentar elaborado por nutricionista - com a redução de frituras e doces nas refeições e estímulo ao consumo de frutas, verduras e hortaliças; **Formação constante das preparadoras de alimentos – foco na diminuição de sal, açúcar e fritura nas refeições e aproveitamento integral de alimentos; **Roteiro de palestras de orientação para pais nas ECEIs – Profissionais de saúde falam sobre medicação, alimentação e cuidados específicos com as crianças da etapa creche; **Criação de composteiras – Visa separar e tratar os resíduos da cozinha e transformar o lixo orgânico em composto para uso na horta escolar. Legenda: Incentivo à produção de composteiras visa a manutenção das hortas escolares com os resíduos produzidos na própria escola; Fotos: Maica Viviane Gebing Texto: Assessoria de Imprensa

Já conhece Arroio do Meio? Confira alguns pontos turísticos da cidade.
© 2016 - Município de Arroio do Meio RS - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Vertigo Comunicação.