NOTÍCIAS
NOTÍCIA
EDUCAÇÃO
Publicado em 31 MAI 2013
Município lança projeto de reeducação alimentar e combate à obesidade infantil

Com o objetivo de sensibilizar a comunidade sobre as consequências da obesidade, a administração municipal, por meio da Secretaria de Educação e Cultura (SEC), lançou na tarde da última quarta-feira, dia 29, o projeto ReeducAção Alimentar - Combatendo a obesidade infantil. O lançamento ocorreu nas dependências da SEC e contou com a presença do Prefeito Sidnei Eckert, diretoras das Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs) e Escolas Comunitárias de Educação Infantil (ECEIs) do município, agentes de saúdes, enfermeiras das unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESFs), Centro de Referência da Assistência Social e equipe da SEC. A ação faz parte do projeto Escola e Família: de mãos dadas pela Educação, lançado no início do ano. O evento iniciou com a exibição do documentário –Muito além do peso–, que trata sobre a má alimentação e os problemas da obesidade. Em seguida, a Secretária de Educação e Cultura, Eluise Hammes e a nutricionista do município, Joice Johann, apresentaram dados de uma pesquisa de avaliação nutricional realizada em 2012, envolvendo 1.890 alunos matriculados nas 13 escolas municipais. De acordo com a análise do índice da Massa Corporal (IMC) dos alunos, a pesquisa revela um aumento da porcentagem de alunos com sobrepeso no município. Apenas duas escolas – São Caetano e Rui Barbosa, tiveram índices positivos, registrando um aumento no percentual de alunos com ICM considerado dentro da normalidade. O diagnóstico levou a administração a intensificar as ações de prevenção e combate à obesidade infantil. Após a explanação da pesquisa, a equipe da SEC distribuiu folders da campanha, contendo dicas e orientações de combate à doença. O material será distribuído nas escolas e diretamente nas residências, por meio do trabalho das agentes de saúde. Além das ações que já vem ocorrendo nas escolas, como o cultivo de hortas, prática de exercícios físicos, exclusão de frituras e introdução da agricultura familiar na merenda escolar, outras ações foram propostas para iniciarem no segundo semestre do ano. Num trabalho previsto para surtir efeito a médio e longo prazo, o projeto prevê o incentivo às famílias para o cultivo de hortas domiciliares e para o resgate do hábito de fazer alimentos em casa; diminuição da quantidade de açúcar, óleo e sal na alimentação escolar; reforçar a participação da agricultura familiar na alimentação escolar; orientar as famílias dos malefícios da má alimentação. –A prevenção é fundamental. É um trabalho difícil, mas muito importante, um grande desafio–, finalizou o Prefeito Sidnei Eckert. Legenda: Lançamento oficial do projeto de combate à obesidade infantil ocorreu essa semana na SEC; Fotos: Maica Viviane Gebing Texto: Assessoria de Imprensa

Já conhece Arroio do Meio? Confira alguns pontos turísticos da cidade.
© 2016 - Município de Arroio do Meio RS - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Vertigo Comunicação.